Home > Carnavais > Batucada da Imperador é o destaque do primeiro ensaio técnico da Imperador do Ipiranga

Batucada da Imperador é o destaque do primeiro ensaio técnico da Imperador do Ipiranga

A quarta escola a passar pela pista do Anhembi, após a Unidos do Peruche, Mocidade Alegre e Camisa Verde e Branco, foi a Imperador do Ipiranga, que realizou o primeiro ensaio rumo ao carnaval 2017, ano em que a entidade levará para o desfile do grupo de Acesso a reedição do enredo Ipiranga, Berço Esplêndido de um Povo Heroico, apresentado originalmente pela escola no carnaval de 2004, quando fazia parte do grupo Especial, e volta agora para uma nova roupagem nas mão do carnavalesco Mauro Xuxa.

O destaque do treino da escola ficou com a Batucada da Imperador, comanda por mestre Vitor Velloso, trazendo um ritmo forte, muitas bossas e para os saudosistas, o desenho do naipe de tamborins muito parecido com que foi levado originalmente pela escola em 2004. Em entrevista para SASP, mestre Vitor avaliou o desempenho de sua bateria. “Tinha uma expectativa muito grande nesse ensaio por conta da bateria. Conseguimos fazer um bom treino, porém reconheço que tivemos alguns problemas com a afinação dos instrumentos conta da chuva, mas isso é normal. Agora vou sentar com a minha diretoria de bateria e meu diretor de Harmonia e avaliar em detalhes cada ponto. Mas no geral a bateria veio bem, bom andamento e destaque para as caixas”, explicou.

Uma das apostas da Imperador para reeditar o enredo 2004, foi a força do samba-enredo, considerado um dos mais bonitos do carnaval de São Paulo dos últimos 20 anos. O irreverente intérprete Adeílton Almeida, que retorna a escola neste carnaval, falou da responsabilidade de cantar essa obra. “Fui abençoado por Deus em ter esse samba para cantar no carnaval 2017. Sei da responsabilidade, já que é um dos grandes sambas da história, mas consegui dar um balanço e dar a minha cara para a obra. Em 2004, Moisés Santiago levou esse samba brilhantemente na avenida e agora eu que tenho essa missão. Estamos trabalhando forte para fazer um grande desfile”.

Mesmo com a força do samba, as alas não corresponderam as expectativas de canto uniforme. Foi possível ver diversas alas não cantando o samba inteiro durante sua evolução, apenas dos dois refrãos. Outro fato negativo foi o baixo número de componentes, mas isso já era previsível por conta da chuva que alagou diversos pontos na cidade de São Paulo. Vale lembrar que a Imperador fica localizada no bairro da Vila Carioca, na zona sul, a cruzar a cidade para ensaiar não era uma tarefa fácil.

Os próximo ensaio da escola será em 28 de janeiro e o desfile oficial acontece em 26 de fevereiro, sendo a sexta entidade a desfilar pelo grupo de Acesso do carnaval paulistano. Confira abaixo as fotos do ensaio. (Crédito: Armando Bruck/ SASP)

Botequim da SASP