Home > Escolas de Samba > Camisa 12 > Camisa 12 define hino para 2018. Veja como foi!

Camisa 12 define hino para 2018. Veja como foi!

Foi uma noite muito especial para a comunidade do Camisa 12. Um clima enraizado com as características da agremiação, a garra e o fanatismo pelas bandeiras da entidade. E foi neste “clima de arquibancada”, que a escola da zona leste escolheu a obra que vai narrar o enredo Camisa 12 exalta a luta e a consagração: São Jorge, o santo das 3 religiões.

Imagem: Ala Musical Camisa 12 – Equipe SASP

Após o apito final do clássico do último domingo, entrou em cena mais uma importante decisão no dia, escolher o hino para o carnaval 2018. Já com os componentes na quadra, por volta das 20h, a final começou em clima de decisão. Com Léo Reis comandando a ala musical, e bateria no esquenta, foi anunciado mais um reforço para integrar o time. Thiago Luís, que também atua no carro de som da Império de Casa Verde e em 2018 será o intérprete oficial da escola de samba Só Vou Se Você For, chega para somar e fortalecer ainda mais um grupo já entrosado.

Imagem: Festa na quadra – Equipe SASP

Em clima de estádio, iniciou-se a festa com muitos fogos e sinalizadores. Com 4 obras na final, o primeiro samba a se apresentar foi o de número 2, seguidos posteriormente pelos sambas 1, 6 e 3. O destaque para todas as apresentações foi em relação as torcidas, que com bexigas e com bom canto, deram um brilho ao concurso, que foi acompanhado de perto pela equipe julgadora. 

Antes do anuncio oficial do samba, a equipe SASP conversou com carnavalesco Gleuson Pinheiro, que estreia na agremiação no próximo carnaval. Ele falou um pouco sobre suas expectativas para a disputa do grupo 1 da UESP. 

Imagem: Carnavalesco Gleuson Pinheiro – Equipe SASP

“Deve ser um carnaval bem equilibrado no G1. Já no último carnaval, a MUM, vinda do G2 quase levou o título…acho que a mudança da regra, de ir todo mundo para o sorteio de posição, ajudou a equilibrar a disputa. Tira o estigma de que a escola que abre é “mais fraca”. A Camisa 12 está numa posição boa de desfile (do meio para o final). Isso é bom, a escola entra mais segura, por outro lado, precisaremos surpreender, afinal terão passado 8 escolas. Estamos trabalhando para fazer um desfile que surpreenda”. – Finalizou Gleuson Pinheiro. 

Após o tradicional pagode na quadra, foi a vez das palavras de agradecimento da diretoria, que enalteceu o concurso de samba-enredo, uma vez que o mesmo não acontecia há alguns anos dentro da Camisa 12. Com o samba na conversa, foi missão da ala musical anunciar a obra dos compositores Capão, Xuxa do Cavaco, Rodrigo Bola, Neuber André, Digo Sá, Tchelo como o hino a ser levada ao Anhembi na próxima folia. 

Imagem: Compositores Vencedores – Equipe SASP

Em 2018, a Camisa 12 retorna ao grupo 1 da UESP sendo a nona agremiação a desfilar na segunda-feira de carnaval. 

Botequim da SASP