Home > Carnavais > Carnaval 2018 > Confira a sinopse do enredo 2018 da Unidos de Vila Maria

Confira a sinopse do enredo 2018 da Unidos de Vila Maria

A Unidos de Vila Maria lançou no último dia 21, o enredo para o carnaval 2018, que terá o título Aproveitam-Se De Minha Nobreza, Você Não Soube, Não Te Contaram? Suspeitei Desde O Principio! Não Contavam Com Minha Astúcia! Arriba Bolanõs, Arriba Vila, Arriba México! Confira abaixo a sinopse desenvolvida pelo carnavalesco Fran Sérgio:

Justificativa

A Unidos de Vila Maria mergulha em um mundo mágico e enigmático, onde a alegria, as cores, os sabores e a energia paradisíaca encantam quem o conhece: MÉXICO

O México em toda a sua exuberância, com personalidades que enchem o mundo de beleza e felicidade.

Em foco, Roberto Bolaños (o criador do Chaves) que, com seu humor inocente, faz a todos rirem muito. Esse talento mexicano é o grande condutor dessa viagem fantástica a um dos recantos culturais mais belos da Terra!

Portanto, mergulharemos na terra dos Astecas e Maias ao longo da História e essa viagem será contada por Bolanõs, idealizada e apresentada pela nossa escola.

Arriba, muchachos e muchachas! A comunidade da Vila vem com tudo e promete fazer um grande espetáculo para o público do Anhembi e do mundo inteiro!

Certo que difundir e promover o entretenimento, o conhecimento, a cultura e o amor são sempre a nossa maior missão…

Introdução

Com a energia e o encanto de um verdadeiro paraíso na Terra, a Unidos de Vila Maria traz em seu carnaval a magia e a alegria, em uma verdadeira festa multicor: as belezas do México!

Berço de Roberto Bolaños, filho dessa majestosa região de variados contrastes, artes e culturas, que se misturam ao humor inocente e ao mesmo tempo fabuloso do Chaves e de toda a sua turma. Figuras que levam até hoje a magia da felicidade, entre sorrisos e gargalhadas.

E é nesse clima festeiro que a escola mostra o seu carnaval, o recanto povos pré-hispânicos que tinham uma evolução fora do comum e nos deixaram um grande legado. Colonizados por ávidos conquistadores espanhóis os quais, com a miscigenação, fizeram nascer, o mexicano, com as bênçãos de Nossa Senhora de Guadalupe, originando assim um povo de rara originalidade e com uma contribuição magnífica para o mundo, seja na culinária, no artesanato, no cinema e na cultura geral.

É recanto de Frida Kahlo e de fabulosos festejos de muito misticismo, que marcam a essência e a vivacidade do mexicano, como a festa dos mortos, que celebra a vida de um jeito bem diferente e enigmático para nós.

E com todo esse poder de força, fé, belezas e alegrias, que a agremiação da zona norte paulistana vem mostrar seu espetáculo e prestigiar o grande público com uma história vigorosa, esbanjando emoção. Arriba Vila!

 Sinopse-carnaval 2018

     “Sigam-me os bons!”

Contado pelo pequeno Shakespeare (Chespirito), Roberto Bolaños, um dos filhos mais ilustres dessa terra, idealizado e apresentado pela nossa Unidos de Vila Maria, exaltaremos o México, com seus vários contrastes, cores, sabores, arte e cultura, que deu vida aos seus personagens a partir da ótica do coração.

“Quem poderá nos defender?” Ele, o Chapolin Colorado! Mas “foi sem querer querendo” que nasceram Chaves e sua turma. Sendo assim cantaremos iluminados pela batida do coração de personagens com humor inocente e irreverente; sambaremos com esse elo de ligação de Maias e Astecas na construção de suas pirâmides, que tinham como objetivo chegar o mais próximo possível do coração dos deuses.

Eis um caso de amor Brasil – México, onde inicialmente encontramos o esplendor das civilizações mesoamericanas. Podemos ver, ainda hoje, a pirâmide Chichen Itza, as serpentes emplumadas, as pirâmides do Sol e da Lua, e belezas naturais e exuberantes, “aproveitam-se da minha nobreza!” “Suspeitei desde o princípio” da chegada dos desbravadores, sua expedição com a busca de informação e riquezas, e que, ao olhar o tão maravilhoso cenário, não sabiam se o que estava diante de si, era real.

Assim ficou marcada a descoberta e a conquista do México, em um encontro entre Cortez e Montezuma II. Um dos momentos mais célebres da história do México e da historia universal no plano simbólico, foi o encontro entre o velho e o novo mundo, entre duas civilizações com valores e crenças distintas, uma movida pelo poder temporal e a outra submetida à vontade dos deuses.

Desta junção entre duas culturas surge a miscigenação. ​ Nasceu o mestiço (o povo mexicano), logo vieram os Mariachis e as belas mexicanas sob as bênçãos da virgem de Guadalupe, originando assim um povo, de rara beleza, com a dança e malemolência a flor da pele. Não há como não se encantar com este povo, que de forma magnífica contribuiu com o mundo inteiro.

“Vocês vão ver, eu vou contar pra minha mãe!”, esse reencontro de grandes ícones da arte, cultura, culinária, cinema, televisão, como Roberto Gomes Bolaños, intérprete e criador de personagens de alcance mundial e grandiosidade, tal como fez Frida Kahlo nas artes plásticas.

Logo começamos os festejos, cercados de muito misticismo e simbolismo, que marcam a essência e a vivacidade dos mexicanos com as festas religiosas e a principal, a dos mortos, que celebra a vida de um jeito bem diferente e enigmático. Uma beleza multicor!

“É que me escapuliu”. A nossa Unidos de Vila Maria, escola da zona norte paulistana vai transformar cultura em arte, humor em alegria.

Arriba Vila, Arriba México!

Canta e encanta Vila Maria! 

Fran Sergio

Carnavalesco

Carnaval /2018

Botequim da SASP