Home > Carnavais > Carnaval 2018 > Confira a expectativa dos compositores finalistas da Pérola Negra

Confira a expectativa dos compositores finalistas da Pérola Negra

Neste próximo sábado, dia 16, a Pérola Negra dará um importante passo rumo ao carnaval 2018, já que realizará a grande final do concurso que irá definir o samba da entidade para o desfile do próximo ano, quando contará a história da cidade paraibana de Campina Grande com o enredo Numa viagem arretada por terras nordestinas, a Joia Rara do Samba embarca no Trem do Forró rumo ao maior São João do Mundo: Campina Grande. 

Quatro obras se apresentarão no próximo sábado e a equipe SASP conversou com um presesentante de cada samba, para que os poetas falassem um pouco sobre o processo de composição e também a expectativa para o embate final. Confira abaixo:

“A primeira pergunta que vem à cabeça é: como é possível um samba com tantos compositores? E a resposta é mais simples do que se imagina: não é um samba-enredo qualquer, é o samba que vai fazer o Pérola voltar para o Especial. O projeto começou pequeno e cada amigo que ficava sabendo queria participar de alguma forma. O Pérola tem isso. Tem a simpatia de todos e o mundo do samba quer ver o Pérola grande novamente. A Escola voltou pra Vila Madalena e está nas mãos de pessoas que são Pérola Negra de verdade. Somando tudo isso não foi difícil aglutinar tanta gente boa junto para uma música que cumprisse esse papel. O tema facilitou muito. Nada melhor do que falar do Brasil, em particular o nordeste. Paraíba, Campina Grande, o trem do forró, quem é brasileiro de verdade traz essas raízes no DNA. A ideia era fazer uma música que batesse no peito e fizesse você viajar sem sair do lugar. O processo de criação foi uma experiência à parte. Com tanta gente boa, a cada reunião, a música ia ficando cada vez melhor. A vontade de fazer uma música campeã superou qualquer vaidade.

Quanto a expectativa, nossa parceria é bastante experiente e sabe que tudo vai depender do que acontecer na grande final. Por mais que as gravações tenham melhorado ano após ano, nada substitui a emoção de uma bateria, quadra lotada, aquele clima de eliminatória que é uma verdadeira “cachaça ” que quem bebe a primeira vez não quer mais parar. Enfim, agora só nos resta dar o nosso melhor nessa tarefa de levar o Pérola ao seu merecido lugar no Especial.” – Araken, representando o samba da parceria de Arturo Gringo, Rapha SP, Vaguinho, Salgado, Marcos Boldrini, Fabiano Sorriso, Araken, Luciano Costa, Fadico, Marcinho Contra Mão, Beba Pleynitudy, Augusto de Almeida, S. Batista, Paulo Senna, Felipe Paixão, Marcelinho Moreira e Carlinhos Funkeiro.


O nosso samba foi desenvolvido com a presença de todos compositores sempre com muita alegria e respeito em nossas reuniões realizadas na casas dos amigos. Assim nasceu essa obra maravilhosa, que está nessa grande final do Pérola Negra. Vamos fazer uma apresentação do melhor nivel possível, até porque a entidade merece. Seremos o último samba e contamos com o apoio de toda comunidade da Vila Madalena nessa apresentação!” – Fernandinho SP, representando o samba da parceria de Edinho França, Fernandinho SP, Marcelo Lepiane, Marquinho Jota, Chico Menino e Digão


O processo começou como uma brincadeira na porta da Império de Casa Verde, quando fui assistir à final! Brinquei com o Gui Cruz dizendo que iriamos disputar no Pérola e ele respondeu disputar com você não, vamos fazer juntos e como já existia uma grande admiração de ambas as partes juntamos nossos grupos e começamos o desenvolvimento via WhatsApp. Depois alguns encontros pra finalizar o samba e a lapidação final no dia da gravação no estúdio. O mais legal que foi um samba feito com muita alegria e palhaçadas e a sinopse ajudou muito pois está muito bem desenvolvida ajudando na composição.

A expectativa para a final é muito grande, pois pela primeira vez faço parte de um grupo de compositores e tenho certeza que escolhi o grupo certo! Somos todos amigos e fãs uns dos outros e para a final pensamos em fazer uma grande apresentação, abrilhantado ainda mais essa final, para isso teremos um elenco de palco maravilhoso e uma festa enorme na hora da apresentação. Estão todos convidados para participar da final, abraços!” – Edilson Casal, representando o samba da parceria de Edilson Casal, Minuetto, Victor Sampaio, Felipe Dingo, Portuga, Gui Cruz, Luciano Rosa e Vitor Gabriel


“Tivemos apenas um encontro apenas onde já deixamos uma melodia pré encaminhada que facilitou na construção do samba, sendo assim só procuramos jogar a letra em cima que combinasse com a melodia caracterizada pois nesse samba o ponto forte é a melodia que tem um lado bem nordestino!

Nossa expectativa é muito boa pois sabemos que o nosso samba tem na Letra aquele DNA do povo nordestino de Campina Grande, e em relação a nossa apresentação estamos confiante e na certeza que iremos fazer uma grande festa e deixar o povo da Vila Madalena feliz ao ouvir o nosso samba. Boa sorte a todos finalistas e vamo que vamo!”Rafa Malva, representando a parceria de Turko, Gus Lezcano, Maradona, Magrinho, Rafa Malva e Daniel ABC.


Outro fator importante dessa final é a volta da escola para o bairro da Vila Madalena, no qual a entidade estava afastado há dois carnavais. A final acontecerá na Rua Girassol, 27, na Vila Madalena, ao lado da antiga quadra da entidade e os ingressos custarão R$ 10.

Botequim da SASP