Home > Carnavais > Carnaval 2018 > Em ano de estreia, casal da Unidos do Peruche defende: “Nosso bailado clássico permanece”.

Em ano de estreia, casal da Unidos do Peruche defende: “Nosso bailado clássico permanece”.

Visando uma melhor colocação para o próximo carnaval, a Unidos do Peruche apostou na contratação do jovem experiente mestre-sala, Jefferson Gomes, que estreia na agremiação ao lado da Thais Paraguassu.

Jefferson começou a dançar na Mocidade Alegre, chegou na Nenê de Vila Matilde em 2015, junto com a Janny Moreno. O casal colecionou notas máximas e, no ano seguinte a sua chegada, foram consagrados com o prêmio Troféu Nota 10, realizado pelo Diário de São Paulo.

“A minha ida para o Peruche se deu também pela similaridade com a Nenê de Vila Matilde, minha antiga escola. Escola de comunidade forte, de raiz, de chão. O meu jeito de dançar se assemelha com essas características”, defende Jefferson.

Partindo para o quarto carnaval na escola perucheana, a Thaís Paraguassu comenta, com exclusividade a SASP, sobre a adaptação com o novo mestre-sala:

“Nós começamos a ensaiar em Maio e já estamos bem adaptados. Confesso que no começo eu tive um pouco de dificuldade de me acostumar. Vamos dizer que ele é um pouco mandão demais” (risos).

Jefferson complementa:

“A maior dificuldade se deu porque a Thais, por muitos anos, era a responsável por conduzir a dança. O meu perfil é de conduzir, sou muito chato nessa questão. O passo tem q sair da minha mão”.

Antes da chegada a agremiação, o mestre-sala declarou que já conhecia o trabalho da ThaÍs e diz que manterá bailado clássico:

“Já estou adaptado a Thais” (brinca). “O fato de já conhecê-la pela Tucuruvi ajudou, além de que ela é uma bailarina com o bailar clássico, assim como eu. Não é casal de muito firula não. Estamos ensaiando bastante e seguimos confiantes porque o trabalho está fluindo bem”.

A unidos do Peruche será a segunda escola a desfilar na noite de sexta-feira, dia 09 de Fevereiro, com o enredo: Peruche celebra Martinho. 80 anos do Dikamba da Vil, desenvolvido pelo carnavalesco Mauro Quintae.

“Esse ano a Peruche, falando do grande sambista Martinho da Vila, está muito contente e honrada. O clima é o melhor possível. Nosso desfile do último carnaval foi lindo, todo mundo elogiou, mas nesse ano estamos buscando resultados melhores”, finaliza Thaís.

 

Botequim da SASP