Home > Carnavais > História de superação: Morro da Casa Verde tem nova madrinha de bateria

História de superação: Morro da Casa Verde tem nova madrinha de bateria

A escola de samba Morro da Casa Verde tem nova madrinha de bateria para o carnaval 2018. O nome dela é Haonê Thinar, paulistana de 25 anos da zona norte de São Paulo. Ela que é modelo, atriz e dançarina foi anunciada pelo programa “Em Revista” da Tv Brasil na última semana.

Com uma bela história de superação, Haonê chega ao Morro de Casa Verde. Decorrente de um câncer aos 8 anos de idade, a sambista teve que amputar uma de suas pernas afim de livrar-se da doença de uma vez. Foi a partir dai que começou sua emociante trajetória. Diante de sua deficiência ela não deixou-se abater e não parou mais. Realizou diversas atividades como peças teatro, participou de feiras internacionais e agregou em sua vida diária a capoeira, o voleibol, a bicicleta e a corrida.

Imagem: Reprodução/ Acervo Pessoal

No samba a nova madrinha do Morro acumula passagens por Nenê de Vila Matilde e Mancha Verde. Diante da nova e grande responsabilidade Haonê comemorou a nova oportunidade.

“Estou sem palavras e lisonjeada com a confiança que em mim foi depositada, agradeço a minha bateria a toda diretoria da escola!” – Disse Haonê Thinar.

Coroação e Final do samba-enredo

No próximo dia 26 de agosto o Morro da Casa Verde realizará sua grande final de samba enredo, que contará com a Bateria do Morro e o Grupo Toma Jeito. Além da coroação de toda corte 2018 da bateria, a festa também terá a passagem do primeiro pavilhão ao novo casal de mestre-sala e porta-bandeira.

Em 2018 o Morro da Casa Verde contará a história de Luiza Mahin com o enredo A luta de um povo, a força de uma raça… Luiza Mahin, a luz de Daomé, e desfilará pelo grupo 1 da UESP.

O Morro de Casa Verde está localizado na Rua Ernani Salomão Rosas Ribeiro, 137.

Botequim da SASP