Home > Carnavais > Mestre Moleza permanece no comando da bateria da Vila Maria

Mestre Moleza permanece no comando da bateria da Vila Maria

Sétima colocada no carnaval paulistano, a Unidos de Vila Maria anunciou através de suas redes sociais a primeira renovação para 2018. Com 5 desfiles pela agremiação, o Rodrigo Neves, mais conhecido como Mestre Moleza, continua no comando da bateria Cadência da Vila.

Rodrigo declara: “Vamos para mais um ano sempre seguindo nossa ideologia de trabalho focados na base, na prática e execução de fundamentos da Percussão da Escola de Samba, colocando em prática nossa identidade sempre formando novos ritmistas , honrando assim o nome ” Escola de Samba “. Valorizando também nossa rapaziada que fecha de verdade . Estou na Vila pois nosso povo está feliz com o trabalho e consequentemente com os resultados. Vamos trabalhar muito e manter o alto nível apresentado nos últimos 5 carnavais. Que venha o sexto, o sétimo, pois estamos com os pés no chão, e sabemos  o que estamos fazendo, nada de aventuras. Fé em Deus e que Nossa Senhora Aparecida nos abençoe”.

A Bateria Cadência da Vila carrega uma trajetória vitoriosa com Rodrigo à frente, são três anos seguidos com nota máxima, recebendo apenas um 9.9 no último carnaval. O jurado da menor nota argumentou que a bateria acelerou seu andamento na bossa da parte final da segunda estrofe, ainda com 6 minutos de desfile.

Foi realizada uma pesquisa de dados sobre os pontos perdidos das baterias paulistanas nos cinco últimos carnavais, tendo a batucada da Vila Maria como a que menos sofreu com penalizações, apenas um décimo foi perdido.

A Unidos de Vila Maria levou pro sambódromo do Anhembi o enredo: Aparecida – A Rainha do Brasil: “300 Anos de Amor e Fé no Coração do Povo Brasileiro”, desenvolvido pelo carnavalesco Sidney França.


Botequim da SASP