Home > Carnavais > “Nossa bateria vem com uma surpresa diferente para esse carnaval” – Promete Mestre Pantchinho

“Nossa bateria vem com uma surpresa diferente para esse carnaval” – Promete Mestre Pantchinho

Corinthiano declarado, Eduardo Fontes começou no carnaval através da torcida, um ano após se tornar associado da Gaviões da Fiel,  em 1989.  Eduardo fez seu primeiro desfile como ritmista, ano em que a agremiação se consagrou campeã do grupo de acesso. Nove anos depois foi convidado para assumir a bateria Ritimão, exatamente em 1999, cargo que permanece até hoje.

A bateria da Gaviões da Fiel é aguerrida, as caixas são afinadas no grave, tendo sua batida padrão, com toques entre a borda e o centro do instrumento. O surdo de terceira é padronizado, todos tocam de forma igual se mantendo fiéis a melodia do samba. O desenho do tamborim é arrojado, sem muitos exageros, facilitando para o ritmista:

“Enfatizamos aos nossos ritmistas que podemos e devemos admirar as outras baterias, mas sem a necessidade de se dedicar. Já temos muitos ensaios durante o ano e exaltamos que a cada ensaio é um desfile, todo nosso esforço serve para homenagear e agradecer por sermos Corinthianos(as) e fazer parte desta nação de 33 milhões de pessoas” e acrescenta: “Nosso desfile também é em homenagem a aqueles que não tem acesso aos gaviões , seja por distância ou dificuldades sociais”.

A Bateria Ritimão foi eleita pelo Diário de São Paulo como melhor bateria no carnaval de 2015.

Mestre Pantchinho argumentou sobre a polêmica do julgamento diferenciado para as escolas oriundas de torcida:

“Não vejo preconceito nos julgamentos, eu vejo a necessidade que um coordenador de jurados tem para fazer com que sejamos julgados pelo nosso ritmo, jamais pela cor ou formato da camiseta que vestimos. Somos tetra campeão do carnaval e não sabemos que time que os jurados torcem”.

A Gaviões da Fiel torcida será a quinta escola a desfilar da noite de sexta-feira, dia 24 de fevereiro, com o enredo: “Com as mãos e a garra de um povo sonhador, surge o contraste de uma nova metrópole. Sampa, lugar de sonhos, oportunidades e esperança“.

Todo ano a Ritimão traz uma surpresa para o carnaval, como em 2012, no carnaval que homenageou o ex presidente Lula, onde os ritmistas trocaram de roupa durante o desfile:

“Nossa bateria sempre vem com uma surpresa diferente para esse carnaval. Sempre preparamos  surpresas para o setor 4, onde a Fiel torcida faz a sua parte como se fosse uma final de libertadores da América quando a bateria passa. Procuramos todos os anos retribuir da mesma forma”. – declarou Mestre Pantchinho.

 

Confira o áudio da Bateria RITIMÃO em seu ensaio técnico:

Botequim da SASP