Home > Carnavais > Carnaval 2017 > Nossa Senhora pode ajudar Vila Mathias a conquistar 1º título do Grupo Especial

Nossa Senhora pode ajudar Vila Mathias a conquistar 1º título do Grupo Especial

Confira mais uma matéria do jornal A Tribuna sobre os enredos das escolas de Santos

A rede que pesca peixes apanhou a imagem da Virgem Maria em outubro de 1717, há quase 300 anos. A história conta que foram os pescadores Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso que encontraram primeiro o corpo da Santa, depois a cabeça em meio a preces no Rio Paraíba do Sul, no interior.

Devotos de Nossa Senhora, os integrantes da escola Vila Mathias não poderiam deixar de homenageá-la neste Carnaval pelos três séculos da aparição da imagem. Por isso, eles entram na avenida para recontar o que aconteceu naquele rio e meio a um desfile de fé para tentar fisgar o primeiro título no Grupo Especial de Santos.

O presidente da agremiação, Luiz Fernando dos Santos, conta que os 1.200 componentes, divididos em 14 alas, têm um objetivo principal: que é o de emocionar o público. Eles ocuparão a Passarela do Samba da Zona Noroeste entre a noite de sábado (dia 18) e a madrugada de domingo (19).

“A gente vem contando desde o início da história da aparição de Nossa Senhora até os dias de hoje. É muita devoção que nós temos e, por isso, tenho certeza que vai ser um desfile emocionante”, avalia o líder da escola. O enredo foi intitulado Aparecida, a Nossa Senhora do Brasil: 300 anos de devoção e fé.

Em meio às dificuldades encontradas pela redução do apoio da Prefeitura e pela crise financeira que afastou patrocinadores, o presidente não desanima. “A gente teve que adequar uma coisa ali e outra lá, mas estamos fazendo tudo para deixar como sempre foi. Entramos com a nota 10 na avenida e vamos tentar manter”, diz.

Ficha Técnica

Cores: Amarelo, azul e branco
Títulos: 2 de acesso / 4º ano passado
Presidente: Luiz Fernando dos Santos
Direção de Carnaval: Comissão do Carnaval
Carnavalesco: Alex Santos
Intérpretes: Chitão Martins
Diretor de harmonia: Valdecir e Diogo
Comissão de Frente: Vagner Fernandes
Porta-bandeira: Mariane Udson
Mestre-sala: Cesar Augusto
Enredo 2017: Aparecida: a Nossa Senhora do Brasil. 300 anos de devoção e fé.
Componentes: 1.200
Alas: 14
Carros alegóricos: 2  e 1 quadripé
Bateria: 120 ritmistas sob o comando do mestre Allan
Rainha de bateria: Joice Mendes
Compositores Samba-Enredo: Nikinha, Vinicius, Celso Tomaior, Cabelo e Edmilson

Samba-Enredo (letra/áudio):

Nossa Senhora Aparecida
Rogai por nós
Aos bem aventurados
A vila canta em uma só voz

A luz brilhou em águas sagradas
Abençoada pelas mãos do criador
Na crença a esperança
Em busca da bonança
Joga a rede pescador
A estrela guia que veio do céu
Uma força divina que Deus enviou
E a fartura se deu
Trazendo o seu esplendor
Festa na Vila para o Imperador

Nos olhos de quem tem fé milagres
Teu nome resplandeceu neste chão
Te exaltam nobres e cavaleiros
Quebram correntes cai a opressão

Devotos a suplicar
Assim a capela nasceu
Em louvor a santa
E sua história se espalhou
Aos quatro cantos
Nas cidades, fazendas e ranchos
Ô,ô ô na senzala mãe negra é Oxum
Sincretizada mão do ouro lá de Orum
Na gratidão da princesa
Coroa e manto ofertou
E a liberdade ecoou
Meu samba faz romaria
Quem me conduz e me guia
Na passarela a consagração
Seja de noite ou de dia
Na fé da Virgem Maria
E hoje canto em devoção

Botequim da SASP