Home > SASP > ESPECIAIS > Ensaios Casais > Um ensaio….o que há por trás disso? #JuntosSomosMaisFortes

Um ensaio….o que há por trás disso? #JuntosSomosMaisFortes

Como você tem percebido, novidades surgiram nas últimas horas na SASP. Entre elas, um ensaio fotográfico de casais de mestre-sala e porta-bandeira do carnaval paulistano, desde o dia 9/Janeiro/2017. Assim como, volto a escrever periodicamente uma coluna, sobre assuntos que me atraem dentro do carnaval. Um espaço filosófico, cultural e empresarial alinhado a folia de Momo.

Muita gente “curtiu”, “amou”, “compartilhou”….muitos vieram me falar que o projeto nasceu da melhor maneira. E outros tantos, me

Bruno Falconeri

perguntaram: “Como em período tão complicado econômico de nosso país, a SASP ousou e conseguiu fazer um ensaio fotográfico assim?”. Não pare por aqui, e leia até o fim….porque tem muita relação com o cotidiano.

Antes de responder, tenho que dar os créditos. Na SASP, desde o início e ao longo do período que estive a frente, a democracia impera. Não existe um “dono”, e sim uma sociedade. Por isso do nome Sociedade Amantes do Samba Paulista. Se você procurar em nosso Portal, verá que entre as missões da SASP, está formar novos talentos do carnaval e do jornalismo.

O projeto, nasceu em Outubro (mais precisamente dia 25/10/16), com a chegada a SASP de Bruno Falconeri, que começou no meio pelo site e programa Grito de Carnaval. Ele foi o mentor da ideia, e numa reunião na sede da SASP foi prontamente aceita por todos. Dai em diante, demais integrantes foram aprimorando a ideia. Sabe que eu fiz? O que sempre faço…confiei a competência no time e dei a tal “carta branca”, e não participei de mais nada de execução do projeto. Além disso, ele deu seus clicks e fez os clipes dos ensaios, a partir do 1o. ensaio (dia 28/10/16, do casal da Unidos do Peruche).

Não pare de ler, vale a pena!

Rodrigo Dias e Beatriz Marinho

Sem a organização, paciência e diversas tentativas de Beatriz Marinho, nada sairia. Ela foi a pessoa que fez os contatos com as agremiações e casais, articulou datas, logística, equipe, além de fazer matéria com os casais. A peça cerebral deste projeto. Rodrigo Godoi, editor-chefe, deu a visão mais experiente de como levar isso ao público, orientando e acompanhando. Ao lado, Rodrigo Dias ajudando na produção, aquele cara que corre incansavelmente para que tudo saia como o planejado.

Outro fotógrafo que esteve conosco, foi o Igor Cantanhede. Já também conhecido pelo sambista, pelos clicks em desfiles, eventos e ensaios por aí afora. Trouxe mais uma visão dos ensaios.

E mais duas pessoas que merecem aplausos. Não que seja diferente dos demais citados…mas porque abraçaram o Carnaval, a SASP e toda equipe anos atrás, aumentando nosso seleto grupo de amantes do samba.

Jacques Royzen e Armando Bruck

Fotografando carnaval há cerca de 8 anos, Jacques Royzen, a cada ano traz um novo olhar da SASP para as fotografias, com um ângulo especial para ilustrar ambiente e personagens. Já Armando Bruck, recém incorporado (1 ano atrás) a SASP, ouviu de mim o que seria o Carnaval e a SASP. O bicho o picou…..virou um apaixonado pela festa e pela cultura, com imagens espetaculares trazendo a emoção do sambista. Ao todo, o time de fotógrafos fez 2271 images sensacionais.

Afinal, porque eu escrevi isso tudo? Primeiro, a SASP firma seu compromisso com sua missão. Mudamos o site, uma nova fase e a tal 3a. onda….mas a SASP sempre será SASP, feita e mantida por essas e tantas outras pessoas que fazem por um único motivo: amar o que faz!

Recebi hoje mesmo, uma mensagem inbox de um ex-integrante da SASP, e atualmente no site Carnaval Paulista, LeoCP. Famoso pelos seus clicks, e um projeto de imagens similar ao projeto ensaio de casais, e sempre crítico com a SASP em relação a fotografias e sair da mesmice tempos atrás, ele me escreveu (e peço desculpas de ante mão por tornar público sem avisar):

“Estou vindo aqui para falar que pra mim projeto bom, é projeto bom…. foto boa é foto boa… e que torço para que um site empurre o outro para a melhor qualidade que cada um puder oferecer ao samba de São Paulo. Então, sendo assim, fico de verdade e sem hipocrisia, muito feliz com o projeto e a valorização do samba por vcs através de ensaios saindo das quadras e do cotidiano que já mostramos a anos“.
Igor Cantanhede

E onde quero chegar? Tenho reparado um crescente movimento em eventos, posts, faixas de cd dizendo “juntos somos mais fortes”. Acredito que as agremiações, a partir do momento em que idealizam este valor, tem tudo para praticar. O exemplo do ensaio ou mesmo de outros trabalhos da SASP, mostra que se o carnaval e as agremiações e sambistas quiserem praticar o “juntos somos mais fortes”, elas conseguem facilmente.

Deixem vaidades, egos, cargos ao lado…..conheça seus companheiros. Olhe ao lado, e veja o copo cheio, e não meio vazio. o Carnaval sempre me ensina lições, diariamente. O que faço é tirar um olhar diferente, para sensibilizar as pessoas. mas a força está em você e no seu amigo ao lado.  O seu engrandecimento é o engrandecimento de todos!

 

Esta coluna foi escrita por Ronny Potolski, diretor-executivo da SASP. Ronny é um entusiasta do Carnaval, pesquisador da cultura carnavalesca, enredista, compositor de samba-enredo, carnavalesco, palpitero de vez em quando….mas acima de tudo um amante do samba. Para entrar em contato basta escrever para ronny.potolski@sasp.com.br

 

Botequim da SASP