Home > Carnavais > Carnaval 2018 > Jovens valores do carnaval de São Paulo: uma nova geração vem aí

Jovens valores do carnaval de São Paulo: uma nova geração vem aí

De novas gerações vive o samba e o carnaval. Sem plantar hoje, não teremos o que colher para continuarmos com nossa cultura. As novas gerações devem ser formadas, mantendo a tradição e respeito ao samba, sambista e comunidades.

Um exemplo disso é o jovem harmonia da Unidos do Peruche, Giovanny Belloti. Com recém 17 anos completados no dia de hoje (11/8), Giovanny tem uma trajetória recente porém de raiz no carnaval através de seu pai que já foi folião, compositor e por fim harmonia.

“Em 2015, eramos compositores da Unidos do Peruche e desfilamos debaixo de uma chuva. O pessoal do carro de som pediu um apoio do Giovanny para carregar o guarda-chuva para o violão. Tinha que ser ele, pois o Giovanny é alto e não atrapalha o dedilhar do violão”, falou o pai Marcos Belloti, sobre a 1a. experiência do filho.

De lá para hoje foram muitos aprendizados, e a Unidos do Peruche através do Toninho (diretor geral de harmonia) comprou a idéia de tê-lo no time de harmonias, para ensinar e evoluir Giovanny. Além da Unidos do Peruche, pai e filho atuam no time de harmonia da escola de samba Oba-Oba, de Barueri.

“O Giovanny é muito companheiro, sempre prestativo e atencioso. Terá um grande futuro pela frente na carreira de harmonia”, comentou a porta-bandeira Thais Paraguassú, que o tem como um dos companheiros em festas e eventos fora da quadra.

Giovanny este ano foi uma peça importante durante as eliminatórias. Ao lado de outro jovem harmonia, Tiago, foram responsáveis por organizar e seguir o cronograma à risca junto aos times de compositores que ficaram do lado de fora da quadra esquentando as vozes e torcidas.

“Este ano a Peruche foi muito organizada durante as eliminatórias, e o Giovanny nos auxiliou bastante em termos de cronograma para as apresentações”, comentou Ronny Potolski, um dos compositores vencedores da disputa.

 

 

Botequim da SASP