Home > Carnavais > Carnaval 2019 > Mestre Rafa, cria da Rosas de Ouro

Mestre Rafa, cria da Rosas de Ouro

Por Breno Ávila

A iniciação de uma criança em uma escola de samba geralmente gera bons frutos para a agremiação formadora, revelando a cada geração, artistas que enobrecem o nosso carnaval. Além de grandes nomes surgirem em projetos mirins, é criada uma identificação maior da escola com sua comunidade e na Rosas de Ouro não foi diferente.

O mestre Rafa Oliveira, comandante da bateria com Identidade desde 2014, é cria da roseira. Na infância, ele participou do projeto Samba se Aprende na Escola. Aos 7 anos, desfilou na ala das crianças, depois se tornou ritmista e passou a ser um dos diretores da bateria, a convite de mestre Tornado, que na época era o mestre. Com 27 anos e mais de 20 anos de Roseira, Rafa falou do orgulho que é representar sua comunidade em um cargo de extrema responsabilidade.

“Estar aqui é gratificante, lembro de toda minha trajetória dentro da escola e tudo que passei e aprendi ao longo desses anos. Mas quando estou no comando da bateria, lembro que devo fazê-la melhor a cada dia e buscar a nota para a escola. Lido com uma comunidade inteira que depende do meu bom trabalho, isso é uma grande e maravilhosa responsabilidade.”

Indo para o sexto ano no comando da Bateria com Identidade, mestre Rafa fez a bateria se tornar uma das mais elogiadas entre os sambistas paulistanos, além disso, obtendo boas notas no quesito para a Rosas. Rafa também comentou e agradeceu aos elogios. “Nós não fazemos um trabalho pensando em qual público vamos agradar, buscamos um trabalho que agrade a comunidade, com um ritmo bom e que nossa se escola se identifique. Fico grato e gosto dos elogios, é um combustível a mais para os ritmistas e para nossa escola. Agradar as pessoas é bem bacana, mas em primeiro lugar vem a Rosas de Ouro e quero sempre melhorar pela minha escola.”

A Bateria com Identidade entra na avenida, junto a Rosas no sábado, 2 de março, sendo a quinta escola a desfilar na segunda noite do grupo Especial, com o enredo Viva Hayastan!

Botequim da SASP