Home > Carnavais > Carnaval 2018 > Por dentro dos Enredos: A homenagem da Mancha Verde ao grupo Fundo de Quintal

Por dentro dos Enredos: A homenagem da Mancha Verde ao grupo Fundo de Quintal

Na quinta reportagem da série “Por dentro dos Enredos” é dia de apresentar um pouco mais sobre o que escola da “Torcida Que Canta e Vibra” levará para a Avenida no carnaval de 2018. Após alguns anos convivendo com idas e vindas entre Grupo de Acesso e Especial, a Mancha Verde aposta suas fichas em um tipo de enredo que vem rendendo bons resultados dentro do carnaval, não só o paulistano, mas também em outras praças: a homenagem a artistas da música nacional.

OUÇA O SAMBA DA ESCOLA PARA 2018

Foi assim que, recentemente, a coirmã Vai-Vai conquistou dois títulos (2011 com João Carlos Martins e 2015 com Elis Regina), que no Rio a Beija-Flor conquistou o título de 2011 (com Roberto Carlos) e Unidos da Tijuca conquistou o título de 2012 (Luiz Gonzaga). Mas a agremiação da torcida palmeirense aposta em um estilo diferente de homenagem para brigar pelo seu primeiro título na história da elite do carnaval paulistano.

A homenagem manchista ao grupo Fundo de Quintal, vai muito além de relembrar músicas que marcaram época, grandes momentos do Fundo ou ainda a vida dos integrantes. Conforme já antecipado pelo carnavalesco Pedro Maggo, inclusive durante a final de samba da Mancha Verde ao vivo na Sintonia SASP, o enredo irá homenagear o Fundo de Quintal e todas as questões que o envolvem.

Desde o sentimento, passando pela fé que envolve e é uma das marcas do grupo, pela origem, pela sentimento de amizade presente entre os integrantes e cantado em uma de suas obras mais famosas e, claro, homenagens aos bambas imortais que por lá passaram.

A promessa da Mancha Verde é prestar uma grande homenagem ao grupo, ao samba de modo em geral, e especialmente aos sambistas que fizeram e fazem a história de um dos grupos de samba mais conhecidos e respeitados do cenário musical brasileiro.

Com o enredo “A Amizade – A Mancha Agradece do Fundo do Nosso Quintal, desenvolvido pelo carnavalesco Pedro Magoo, a Mancha Verde será a quarta escola a desfilar na sexta-feira de carnaval, no Sambódromo do Anhembi. Décima colocada em 2017, a agremiação alviverde vai em busca de seu primeiro título na elite do carnaval da Terra da Garoa.

Na próxima segunda-feira, 23, a série “Por dentro dos Enredos” continua. Será a vez de conhecer um pouco mais sobre o enredo que a Leandro de Itaquera levará o Anhembi no Grupo de Acesso em 2018.

Botequim da SASP