Home > Escolas de Samba > Águia de Ouro > Povo da Pompeia canta forte no primeiro ensaio da Águia de Ouro no Anhembi

Povo da Pompeia canta forte no primeiro ensaio da Águia de Ouro no Anhembi

Engasgada com o rebaixamento em 2017, a comunidade da Águia de Ouro provou em seu primeiro ensaio técnico no Anhembi que é, sem dúvida, uma escola com jeito de Grupo Especial. Com um excelente trabalho de harmonia, no que se refere ao canto da escola, e muita organização, a Azul e Branca da Zona Oeste paulistana teve um grande desempenho em sua estreia no calendário de treinamentos no Anhembi visando o desfile desse ano.

VEJA AS FOTOS DO ENSAIO

Sob a regência da família Freitas, conhecida por sua organização e grandes carnavais, a Águia de Ouro mostrou ao público presente no Anhembi nesta sexta-feira, 19, estar muito próxima do que se pede para o desfile do carnaval, mostrando assim credenciais para o acesso. O presidente da escola, Sidnei Carrioullo, comentou sobre suas impressões poucos instantes após o término do ensaio, em entrevista à SASP.

“Acho que por ter sido o primeiro, com essa chuvinha que castigou um pouco a gente, acho que a avaliação é boa. Gostei da quantidade de gente que veio participar e agora é trabalhar porque ainda temos mais dois ensaios por aqui”, comentou o presidente.

Há muitos anos no comando da Batucada da Pompeia, Mestre Juca também avaliou o ensaio e ressaltou o canto forte das alas da agremiação. “Vendo do recuo, todas as alas que passaram pela gente por lá cantavam bastante, acho que a escola cantou muito no geral. Gostei do nosso desempenho na bateria, viemos no bit que desejávamos. Agora é acertar os detalhes, temos mais dois ensaios gerais e os ensaios de quadra para isso”, disse Mestre Juca.

O samba, que foi criticado nas redes sociais mais uma vez em 2018, mostrou bom rendimento ao longo de todo o ensaio. Sem Serginho do Porto, coube aos dois outros intérpretes oficiais da agremiação, que já estiveram na Águia de Ouro no último carnaval, Douglinhas Aguiar e Fernandinho SP, comandar o carro de som da Pompeia – mostrando muito entrosamento.

“O que quero passar é que temos de continuar nessa pegada e com essa humildade que a gente está. Sabemos que é um ano atípico para o Águia de Ouro e também muito difícil. Mas é isso, continuar ensaiando para alcançarmos o nosso objetivo, que é voltar para o Grupo Especial”, finalizou Mestre Juca, como mensagem para a comunidade da Pompeia..

Com o enredo Mercadores de Sonhos, a Águia de Ouro será a sexta escola a desfilar no domingo de carnaval, no Sambódromo do Anhembi. A escola busca o retorno ao Grupo Especial, após o rebaixamento de 2017, e ainda realiza mais dois ensaios técnicos no Anhembi (27 de janeiro às 19:15 e 31 de janeiro às 21:00).

Ensaios continuam neste final de semana

Sábado e domingo de muito samba na capital paulistana. Serão 15 escolas ensaiando no Sambódromo do Anhembi no fim de semana, sendo seis agremiações do Grupo Especial, cinco do Acesso e quatro do Acesso 2. A SASP, claro, vai estar presente e levando ao amigo internauta tudo da maratona de ensaios na capital.

Sábado, 20 de janeiro
15:00 – Uirapuru da Mooca (Grupo de Acesso 2)
16:00 – Camisa 12 (Grupo de Acesso 2)
17:00 – Amizade Zona Leste (Grupo de Acesso 2)
18:00 – Leandro de Itaquera (Grupo de Acesso)
19:15 – X-9 Paulistana (Grupo Especial)
20:30 – Tom Maior (Grupo Especial)
21:45 – Unidos do Peruche (Grupo Especial)
23:00 – Mancha Verde (Grupo Especial)
00:15 – Camisa Verde e Branco (Grupo de Acesso)
01:30 – Barroca Zona Sul (Grupo de Acesso)

Domingo, 21 de janeiro
17:00 – Mocidade Unida da Mooca (Grupo de Acesso 2)
18:00 – Colorado do Brás (Grupo de Acesso)
19:15 – Imperador do Ipiranga (Grupo de Acesso)
20:30 – Acadêmicos do Tucuruvi (Grupo Especial)
21:45 – Acadêmicos do Tatuapé (Grupo Especial)

Botequim da SASP