Home > SASP > ESPECIAIS > SASPERIA – “O samba direto do frio de Curitiba” Confira a história da Bateria do C7 da UFPR

SASPERIA – “O samba direto do frio de Curitiba” Confira a história da Bateria do C7 da UFPR

Diretamente do estado do Paraná, a SASPERIA trouxe a história da bateria do setor de tecnologia da Universidade Federal do Paraná, o C7.

A batucada Paranaense foi criada junto com a atlética, em 2009, com o propósito inicial de participar exclusivamente de jogos universitários. Em 2011 surge um desafio de baterias no Engenharíadas Paranaense, onde na sua primeira apresentação conquistaram um segundo lugar. O clima encheu os olhos dos ritmistas, fazendo com que o C7 valorizasse o seu nível técnico e evoluísse através de estudos rítmicos. Ano seguinte se consagraram campeões do desafio de baterias, fato repetido em 2014 e 2017. Conquistaram também o título principal do Curitibatuque em 2014 e 2015, e no ano de 2016 ficaram em segundo lugar na Pré-Seletiva do Balatucada.

O nome “C7” é uma abreviação do CESETE (Conselho dos Estudantes do Setor de Tecnologia).

O ritmo cadenciado é uma característica do C7, preservam o balanço, com um andamento trabalhado a partir do BPM 130. Os instrumentos são de maioria afinados no agudo, inclusive o tamborim e a caixa. O surdo de terceira trabalha em cima do tempo, fazendo poucas variações no contra, porém sem perder a função básica de corte. A batida de caixa é a principal identidade dos Paranaenses, seu toque é similar ao usado na União da Ilha, porém com uma particularidade na acentuação, onde a mão esquerda e a direita fazem o mesmo papel. A apresentação conta com uma alta variação de ritmo e gêneros musicais, valorizando a cultura africana e brasileira.

As criações de bossas são feitas numa reunião interna, chamada de “ensaios de criação”, onde um número reduzido de ritmistas debatem ideias e assim criam as viradas. O principal responsável pra passar os novos desenhos para a bateria é o mestre, Pietro Gusso.

Dentre as baterias universitárias, o C7 não passa por problemas com o local de ensaio. O auditório da Universidade é cedido para os ensaios, realizados todo domingo pela manhã, em vésperas de torneios a batucada realiza seis treinos por semana.

Em entrevista exclusiva ao SASPERIA, o mestre Pietro Gusso comentou sobre a dificuldade da Bateria Paranaense:

A principal dificuldade é a renovação dos ritmistas. Contamos hoje com muitos integrantes formados ou próximos disso e é muito difícil ter substitutos para os instrumentos. Nossa Bateria ainda é pequena em número muito por conta disso, mas o trabalho com a escolinha nos últimos semestres vem dando resultado e estamos otimistas para os próximos anos”.

Além de fornecer um local adequado para ensaio, a UFPR também ajuda na divulgação da bateria para os novos estudantes, transporte e local para guardar instrumentos.

A Bateria do C7 será a responsável por abrir a seletiva do Balatucada, às 14h30. O evento acontece na quadra da X-9 Paulistana, localizada na Avenida Paulo Silva Araújo, 25, próximo ao metrô Ayrton Sena – Jardim São Paulo.

Sobre o torneio, Pietro afirma: “O Balatucada sempre foi o ‘sonho de criança’ da Bateria do C7, desde a sua fundação. Quando fomos chamados para a Pré-seletiva a satisfação foi realmente muito grande. Tocar em um torneio como esse mudou muito nossa perspectiva. Ter algumas das baterias participantes da divisão principal como referências e nesse ano ter a chance de classificar para disputar lado a lado com eles em 2018 aumenta muito nossa ansiedade. Aprendemos muito depois de tocar ano passado e acredito que a Seletiva será o maior aprendizado que teremos na nossa história até agora” e promete: “Podem esperar uma Bateria com muita vontade de tocar e muito amor pelo que faz. Independente do resultado a experiência será incrível. Desejamos boa sorte à todas as baterias participantes e garantimos que iremos com o melhor que podemos apresentar, mostrando que existe sim muito samba no frio de Curitiba”.

Confira um pouco do ritmo em vídeo que o Vikings do sul do país enviaram para a SASPERIA:

SASPERIA – Bateria do C7

Diretamente do frio de Curitiba, a SASPERIA trouxe um pouquinho do ritmo da Bateria C7.Ainda nessa semana terá a matéria completa com os paranaenses.

Publicado por SASP Carnaval em Segunda, 31 de julho de 2017

Botequim da SASP