Home > Carnavais > Carnaval 2019 > Serginho no Debate SASP: mudança no regulamento irá considerar notas descartadas para o desempate

Serginho no Debate SASP: mudança no regulamento irá considerar notas descartadas para o desempate

O presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo, Paulo Sérgio Ferreira, o Serginho, esteve presente na noite desta quarta-feira, 30, no Debate Carnaval promovido pela SASP, no Sambódromo do Anhembi. E, em primeira mão, anunciou uma novidade no regulamento para o carnaval 2019. Diferente do último regulamento, para este ano as notas descartadas serão consideradas inicialmente no critério de desempate.

“Houve algumas mudanças no regulamento, mas nada muito drástico. Em primeira mão pra vocês, nós teremos uma mudança: ao invés da gente sortear o quesito, primeiro vamos voltar as notas descartadas e se houver novamente o empate, aí vamos para o quesito”, comentou Serginho.

Com a mudança, se ao fim da apuração duas ou mais agremiações estiverem com a pontuação empatada, as nove notas descartadas de cada uma dessas agremiações serão reconsideradas e quem perder menos pontos ficará à frente na classificação.

“Nós fizemos um estudo, até para evitar qualquer tipo de injustiça. O intuito maior é valorizar a escola que desenvolver o melhor trabalho em todos os quesitos na pista”, finalizou.

Em 2018, quatro escolas terminaram empatadas com a pontuação máxima (270 pontos, já desconsiderando as notas descartadas). Com o desempate por quesito, o Acadêmicos do Tatuapé acabou levando a melhor sobre Mocidade Alegre, Mancha Verde e Tom Maior. Caso o regulamento fosse o de 2019, Tatuapé e Mocidade terminariam “empatadas” após perder 0,1 pontos e teriam de resolver quesito a quesito.

Botequim da SASP