Home > Carnavais > Carnaval 2021 > Após adiamento para julho, prefeitura decide cancelar o carnaval 2021

Após adiamento para julho, prefeitura decide cancelar o carnaval 2021

Spread the love

O prefeito Bruno Covas (PSDB) anunciou nesta sexta-feira (12), o cancelamento, em definitivo, do carnaval 2021, devido à pandemia de coronavírus. No ano passado, a prefeitura tinha anunciado o adiamento do evento para o mês de maio ou julho deste ano. A data para o carnaval de rua e dos desfiles das escolas de samba seria definida posteriormente.

Na coletiva, o prefeito explicou sua decisão. “Esse ano a cidade de São Paulo também, por conta da pandemia, se junta a várias outras cidades que já anunciaram isso. E também, infelizmente, não teremos o carnaval na cidade de São Paulo”. No mês passado, a prefeitura do Rio de Janeiro já havia anunciado esse cancelamento.

Desde do início dos desfiles de carnaval, essa é a primeira vez que não haverá a festa na cidade de São Paulo. Atualmente o carnaval  paulistano, juntando desfiles de escolas de samba e blocos de rua, é um dos maiores do país. No ano passado, cidade bateu recorde de público e do número de blocos: foram mais de 15 milhões de foliões nas ruas e 600 blocos. A prefeitura gastou R$ 36,6 milhões, e houve um retorno financeiro de R$ 2,3 bilhões para a cidade.

A Liga Carnaval SP e a UESP, entidades que gerem os desfiles das escolas de samba na capital, ainda não divulgaram nenhuma nota sobre o cancelamento. Vale lembrar que as escolas já estavam em preparação para os desfiles que aconteceriam no meio do ano. Nos próximos, devem ser anunciadas medidas para falar sobre o carnaval 2022.

Botequim da SASP