Home > São Paulo > UESP > Acesso 1 Bairros > Eleições 2020 – Veja quais candidatos têm propostas para o carnaval

Eleições 2020 – Veja quais candidatos têm propostas para o carnaval

Spread the love

Em tempos de período eleitoral, o carnaval e o mundo do samba sempre tem que ficar de olhos abertos em propostas e valorização do carnaval e escolas de samba.

Para isso, a SASP leu o programas oficiais de todos candidatos ao cargo de prefeito de São Paulo, em busca de itens que foquem claramente ou mencionem o carnaval como parte integrante do plano de governo. Vale lembrar, que aqui não há opinião política ou julgamento de propostas, e sim, trazemos o que oficialmente cada candidato considera em suas proposta. É um importante instrumento para saber de fato as intenções e real importância nesse período, deixando claramente qual candidato vê o carnaval e as escolas de samba, como protagonistas em seus planejamentos.

A SASP  também tentou realizar entrevistas, através de live, com todos candidatos, mas até o fechamento dessa reportagem, tivemos apenas retorno de um, Andrea Matarazzo (PSD). Foram realizados contatos com as contas oficiais de cada um.

Dos 14 candidatos, apenas dois ressaltaram em seus planos, o carnaval e suas propostas futuras (Andrea Matarazzo do PSD e Jilmar Tatoo do PT). Veja abaixo trechos que mencionam o carnaval (seja de rua ou de escolas de samba). Os trechos em itálico são cópias das propostas de cada candidato. Todos planos foram consultados a partir do portal do TSE, no link https://consultaunificadapje.tse.jus.br/#/public/inicial/index, entre dias 29/9/2020 e 13/10/2020. Fique de olho em quem realmente tem interesse público e formal sobre o tema carnaval e escolas de samba.

PROPOSTAS DO PLANO DE GOVERNO – ITENS FUTUROS DE PROPOSTA

Andrea Matarazzo (PSD): dentro da pasta de turismo, o candidato entende o carnaval como um evento atrativo. Porém, o item não detalha ações concretas.

“Tornar o Carnaval de São Paulo um evento cada vez mais atrativo, seguro, diverso, organizado e bem distribuído geograficamente na cidade;”

Jilmar Tatto (PT): o plano mais detalhado com ações objetivas dentro do plano. A seguir os planos futuros:

“Na pasta da cultura, considerou proposta: “Promover políticas para a Cultura do Samba, como o Museu do Samba, Carnaval e sua Cultura, Festival de Samba das Comunidades e retomada do Instituto do Samba. Transferir atividades das Escolas de Samba para a pasta da Secretaria da Cultura.”

Na pasta da cultura, considerou a proposta: “Fortalecer e ampliar os Programas de Iniciação Artística (PIÁ), Programas Vocacional e Território Hip Hop (Vocacional) em todas as escolas municipais (entendendo como atividade extracurricular e em diálogo permanente com as Secretarias de Educação, Juventude e Cultura) e, sempre que possível, estabelecer parcerias com Associações de Moradores, Escolas de Samba, Espaços Culturais e Teatros Independentes.”

Na pasta da cultura, considerou proposta: “Desenvolver o Cine Debate e o Cine Direitos Humanos no circuito SPCine, em locais e equipamentos públicos e privados da cidade, como quadras de escolas de samba, espaços de convivência de adolescentes e crianças, ONGs, que possam atender às condições para a exibição de filmes clássicos do Cinema Nacional e Internacional.”

PROPOSTAS DO PLANO DE GOVERNO – ITENS PASSADOS APONTADOS NAS PROPOSTAS

Jilmar Tatto (PT): citou o histórico do partido com relação ao desenvolvimento do Carnaval em  governos anteriores

O Partido dos Trabalhadores, desde sua fundação, tem mantido o compromisso frente aos anseios culturais da população. Em cada uma de suas três gestões – 1989-1992 (Luiza Erundina), 2001-2004 (Marta Suplicy) e 2013-2016 (Fernando Haddad) –, o PT criou importantes projetos e programas, tais como….valorização do Carnaval de Rua”

“Carnaval de Rua, encampado pelo Manifesto Carnavalista, amplificou e democratizou a folia, aumentando de 50 para 678 os blocos de carnaval no município.”

Guilherme Boulos (PSOL): citou o histórico da candidata a vice-prefeita, Luiza Erundina, com relação ao desenvolvimento do Carnaval em  governos anteriores

Como turismo, citou “Dois marcos do turismo na cidade foram conquistas da gestão Luíza Erundina. O primeiro, a volta da Fórmula 1 para o Autódromo de Interlagos. O segundo, a construção do Sambódromo no bairro da Casa Verde, o início do movimento que faz da cidade, hoje, um dos destinos mais procurados para o Carnaval.

Bruno Covas (PSSB): citou o histórico da candidatura com relação ao desenvolvimento do Carnaval em governos anteriores (e atual governo):

Como turismo, citou que “A Virada Cultural e o Carnaval de rua foram os maiores da história, transformando São Paulo em um dos principais destinos turísticos do país.”

Botequim da SASP