Home > Carnavais > Carro de som da Mocidade Alegre é destaque no segundo ensaio técnico!

Carro de som da Mocidade Alegre é destaque no segundo ensaio técnico!

Spread the love

Mocidade Alegre, segunda agremiação a desfilar na sexta-feira de carnaval realizou seu segundo ensaio técnico rumo ao carnaval de 2017 na noite do dia 03 de Fevereiro. Aperfeiçoando os pontos que foram detectados no primeiro ensaio técnico, a Morada do Samba ignorou a chuva é mostrou ao público presente no Anhembi a força e a garra dos componentes que cantaram o Jubileu de Ouro da agremiação.

O enredo em comemoração aos cinquenta carnavais da escola traz como título a frase emblemática da Presidente Solange Cruz, A vitória vem da luta, a luta vem da força. E a força… da união que está sendo desenvolvido por uma comissão de carnaval, formada por Leandro Vieira (também carnavalesco da Mangueira) Carlos Lopes, Neide Lopes e Paulo Brasil.

VEJA AS FOTOS DO ENSAIO

Novamente a comissão de frente mostrou a agilidade necessária para que a evolução geral da escola não parasse. A evolução constante dos componentes foi um dos pontos altos desse segundo ensaio técnico. O primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira Emerson Ramires e Karina Zamparolli, assim como os demais casais da Morada, ensaiaram com parte das fantasias usadas no carnaval de 2016, lutando contra a chuva o primeiro casal bailou e reverenciou o pavilhão da Mocidade ao público e as cabines onde os jurados darão suas notas no desfile oficial.

Aliado a bateria Ritmo Puro, a Mocidade trouxe em seu carro de som, ao lado do intérprete oficial Tiganá, Ito Melodia, voz principal do microfone da União da Ilha do Governador no Rio de Janeiro, a energia e entrosamento de carro de som e bateria foi destaque.  Ito e Tiganá formam a dupla que comanda o carro de som da Mocidade e são os responsáveis pela sintonia e energia que chegará a cada componente.

– “Show de bola, estou emocionado, um carnaval maravilhoso, a essência perfeita com um samba maravilhoso, essa escola tem uma força enorme, eu senti o que sinto na União da Ilha, eu realmente incorporei, o canto forte da comunidade trouxe o Anhembi com a gente isso é muito importante, a bateria fantástica, a escola toda cantando, foi emocionante. Quero agradecer a Solange, ao Sombra, ao Tiganá pelo convite e eu estou muito honrado de poder defender um samba pela primeira vez em São Paulo, e mais feliz ainda por ser na Mocidade Alegre ”

Mestre Sombra novamente estava a frente da bateria Ritmo Puro, ao lado da Rainha de Bateria Aline Oliveira, comandando os ritmistas e ajustando as necessidades de seu desfile, suas bossas e retomadas foram testadas e em uma delas, que destaca o canto dos componentes na partes do samba que remete ao hino do pavilhão teve resposta imediata do público e do chão da escola, que não parou de cantar o “Lá vem ela… Simplesmente poesia”.

O contingente do segundo ensaio, foi superior ao do primeiro, a agremiação veio bem maior e com a ajuda das caixas de som, que já estão dispostas na avenida, o canto se fez presente nas alas coreografas, ala das baianas, destaques e velha guarda.

A Mocidade Alegre tem mais um ensaio técnico antes do seu desfile oficial, no dia 17 de Fevereiro a agremiação volta ao Anhembi.

Botequim da SASP