Home > Carnavais > Carnaval 2019 > Com Anhembi só dela, Rosas mostra evolução em seu segundo ensaio técnico

Com Anhembi só dela, Rosas mostra evolução em seu segundo ensaio técnico

Spread the love

Apenas um último ensaio técnico no Anhembi separa o Rosas de Ouro do dia de seu desfile. E desde o primeiro treino, percebe-se uma crescente na qualidade do que é exibido. Nessa quinta-feira, dia 7, passou pela passarela uma enorme escola com excelente contingente. Os destaques ficaram por conta da comissão de frente e bateria.

VEJAS AS FOTOS DO ENSAIO

ASSISTA A LARGADA

Abrindo os trabalhos, a comissão coreografada por Helena Figueira, executou movimentos com nível alto de dificuldade, como malabarismos e passos marcados com muita sintonia, lembrando danças típicas Armênias, conforme o enredo da Roseira. A bateria com Identidade de mestre Rafa Oliveira, que a cada carnaval vem mostrando progressiva melhora, também decidiu ousar. Apostou em repetir a entrada do recuo realizada no desfile de 2017, onde os ritmistas entram no espaço reservado, saem e retornam novamente para que a escola siga o desfile. O movimento que deu certo há dois anos, foi repetido com êxito no ensaio e deverá executado no dia de desfile oficial.

“Nós fomos os melhores da noite – brincou o mestre de bateria – e conseguimos executar o que tínhamos planejado. Vi muitas alas cantando ainda mais forte do que no primeiro ensaio, estamos numa crescente, a comunidade pode acreditar, faremos um excelente desfile”, contou o mestre de bateria a equipe SASP.

O primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira da escola, Edgar e Isabel, também se destacaram no treino, com movimentos sincronizados e muita leveza no bailado, executando todos os movimentos obrigatórios. A porta-bandeira falou sobre o trabalho da dupla.

“Estamos ensaiando desde junho e esse carnaval faremos nosso estreia dançando juntos. Então estamos trabalhando muito para buscar a perfeição de cada movimento que iremos executar. Hoje foi um bom ensaio, mas até o desfile iremos acertar cada detalhe”, explicou.

O bom número de componentes na pista favoreceu o quesito harmonia, com o canto ecoando com igualdade entre as alas. Alguns pequenos pontos precisam ser reavaliados na evolução da escola, que apresentou variações em alguns momentos.

A Rosas de Ouro ainda tem mais um ensaio na passarela do samba, no próximo dia 16. Com o enredo Viva Hayastan, a entidade será a quinta escola a pisar no Anhembi no sábado de carnaval, na segunda noite dos desfile do grupo Especial.

Botequim da SASP