Home > SASP > Editorial > Editorial – SASP, há 19 anos eternizando o carnaval de São Paulo!

Editorial – SASP, há 19 anos eternizando o carnaval de São Paulo!

Spread the love

Há exatos 19 anos, um grupo de amigos se reuniu em churrasco e após várias discussões resolveram criar a Sociedade Amantes do Samba Paulista, que ficou conhecida pela sigla SASP. Ele não sabiam, mas naquele momento, nascia um dos veículos de comunicação mais importantes do nosso carnaval. Poder parecer pretensão de nossa equipe falar isso, mas os fatos que citaremos abaixo irão mostrar tudo isso.

A SASP já nasceu com um DNA vanguardista, pois em 2000, pra quem não lembra ou não era nascido, a internet engatinhava no Brasil e mesmo com todas as dificuldades técnicas do momento, nasceu o primeiro site exclusivo sobre o carnaval de São Paulo. A partir daí, fomos os primeiros em muitas coisas: divulgação dos sambas concorrentes de SP, transmissão de finais de samba, cobertura diária do carnaval, primeira web rádio do carnaval SP, cobertura fotográfica dos eventos, cobertura de vídeo, transmissão ao vivo dos ensaios técnicos e muito mais. Vale lembrar que os primeiros sites de muitas escolas de samba paulistanas e também da Liga, foram criados pela SASP.

A SASP se desenvolveu ao longo dos 19 anos apoiando também as escolas no dia-a-dia de um carnaval ou nos bastidores de imprensa ou diretorias. Foi na SASP que nasceu um movimento de valorização pelo Grupo de Acesso, e que hoje mantém suas premiações visando grupos além da elite. Foi na SASP também que as escolas de bairros, blocos carnavalescos e carnavais como o de Santos ganharam espaço na mídia. E claro, é na SASP que está o maior acervo digital do carnaval de São Paulo, sendo uma referências para pesquisas acadêmicas, para os sambistas em geral e para as próprias escolas de samba.

Não é a toa que da SASP nasceram nomes que foram ou são atuantes nas escolas de samba: grandes compositores, mestres de bateria, carnavalescos, intérpretes, diretores de carnaval, harmonias, aderecista, mestre-sala, porta-bandeira, e muito mais. A SASP hoje pode ter orgulho que aquele grupo de malucos e “fofoqueiros” (sim, os dirigentes das escolas não gostavam da gente no começo) de 19 anos atrás, aprenderam e também ensinaram, e hoje ajudam ou botam muitas escolas de samba na avenida. Talvez este pode ser um grande diferencial da SASP atualmente: ter pessoas comentando imparcialmente e respeitosamente o carnaval, sendo participativo do próprio carnaval, sabendo das dificuldades diárias de uma escola, não esquecendo a parte técnica e emocional da festa e competição. E não é à toa que conseguimos manter o site por conta própria, lutando para dar aos sambistas um ótimo conteúdo, atual e inovador – e o mais importante, manter a chama formando novos comunicadores e jornalistas no meio carnavalesco.

Apesar de alguns poucos equivocados acharam isso, nós da SASP não somos e nem queremos ser donos da verdade, e sim, somos apenas uma voz em prol do carnaval de nossa cidade. Nossa voz pode muitas vezes contrariar outras opiniões, e muitas vezes também estar em acordo, porém, o respeito e imparcialidade será mantida a todos envolvidos com um único objetivo: manter a voz do carnaval paulistano ativa o ano todo, pois sabemos que a grande imprensa só lembra da festa na semana carnavalesca.

Por todos esses motivos é que a SASP não é de um, mas sim de todos os apaixonados pelo carnaval de São Paulo!

SASP, há 19 anos eternizando o carnaval de São Paulo!

Foto – Uma homenagem a Adriana Gomes (Mancha Verde)  e Daniel Vitro (Estrela do Terceiro Milênio), que ostentaram nosso pavilhão lá nos primórdios de nossa história!

Botequim da SASP