Home > Escolas de Samba > Barroca Zona Sul > Ensaios técnicos de alto nível marcam a décima noite do calendário de treinos no Anhembi

Ensaios técnicos de alto nível marcam a décima noite do calendário de treinos no Anhembi

Spread the love

Por Antonio Júnior

A noite do último sábado (25) foi de ensaios técnicos de alto nível no Sambódromo do Anhembi. Atual campeã do carnaval, a Mancha Verde fez sua estreia no calendário, na primeira vez em que a temporada de ensaios contou com o som parcial (com as caixas inicialmente voltadas apenas para a pista). Voltando ao Grupo Especial depois de 15 anos, a Barroca Zona Sul também estreou no calendário, em uma noite que ainda contou com as segundas passagens de Vai-Vai, Estrela do Terceiro Milênio e Morro da Casa Verde.

Mostrando o porque do título em 2019, a Mancha Verde fez um ensaio extremamente satisfatório, especialmente nos quesitos do módulo musical. Em seu ano de estreia na escola, já é perceptível que o trabalho de Mestre Guma Senna começa a colher bons frutos. A Bateria Puro Balanço fez uma apresentação de alto nível no Anhembi, contribuindo bastante para o bom rendimento do samba-enredo da escola, um dos mais elogiados da safra.

Fredy Vianna e seus intérpretes de apoio mostraram o porque são considerados um dos melhores carros de som do carnaval, com belos desenhos melódicos inseridos na obra. Marcelo e Adriana, primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira da agremiação, também merecem destaque pelo treino no Sambódromo. A Mancha Verde ainda irá realizar mais um ensaio técnico nesta temporada, dia 14 de fevereiro, às 21h45.

Com Pixulé inspirado e um canto bastante constante dos componentes, a Barroca Zona Sul fez sua estreia na temporada com um ensaio de alto nível. O samba, outro que também está entre os mais elogiados desta temporada de carnaval, teve um rendimento bastante satisfatório. A escola mostra ter credenciais para fazer um trabalho bem bonito em seu retorno à elite do carnaval. A Faculdade do Samba ainda irá realizar mais um ensaio técnico no Anhembi, no dia 31 de janeiro, às 23h.

Abrindo a noite de ensaios, o Vai-Vai fez seu segundo treino na temporada e teve no quesito Harmonia o seu destaque. O canto da comunidade do Bixiga além de forte (o que vale lembrar não está no manual do julgador como ponto de avaliação) foi claro e constante (estes sim pontos avaliados). Essa participação da comunidade alvinegra é mais do que conhecida e mostrou-se mais uma vez presente. O Vai-Vai ainda irá realizar mais um ensaio técnico no Sambódromo, no dia 7 de fevereiro, às 20h30.

(Em breve vamos subir o vídeo com a largada do segundo ensaio do Vai-Vai)

Responsável por abrir o calendário de ensaios técnicos no começo do mês, a Estrela do Terceiro Milênio fez seu segundo ensaio na temporada. Com representantes dos bois Caprichoso e Garantido, do festival de Parintins, presentes no treino no Sambódromo, a escola fez um ensaio de nível bom e semelhante ao primeiro. A Pegada da Coruja, bateria comanda por Mestre Vitor Velloso, teve desempenho bastante satisfatório, realizando bossas bem executadas e contribuindo positivamente para o desempenho da agremiação do Grajaú, que até o desfile não irá realizar novos ensaios técnicos no Anhembi.

Do Grupo de Acesso 2, o Morro da Casa Verde também fez seu segundo ensaio técnico no Anhembi. Comandada pelo intérprete Fernandinho SP e tendo um dos melhores sambas do grupo que integra, a Verde e Rosa fez um bom ensaio no Anhembi. Assim como a Milênio, a escola não irá mais realizar ensaios no Sambódromo até o carnaval.

A agenda de ensaios técnicos continua neste domingo (26). Veja a grade abaixo

18h – Dom Bosco de Itaquera
19h15 – Dragões da Real
20h30 – Acadêmicos do Tatuapé
21h45 – Uirapuru da Mooca

Botequim da SASP