Home > Carnavais > Carnaval 2021 > Escolas cancelam eventos presenciais por conta do aumento dos casos da covid-19

Escolas cancelam eventos presenciais por conta do aumento dos casos da covid-19

Spread the love

Nos últimos dias, o ritmo de internações por conta da covid-19 aumentaram exponencialmente na cidade de São Paulo, segundo informaram os principais hospitais particulares da capital. Apesar da prefeitura negar a possibilidade de uma segunda onda da covid-19, os números divulgados pelo consórcio de veículos de imprensa, mostram esse aumento.

Com isso, algumas escolas de samba que tinham eventos e ensaios presenciais marcados, anunciaram o cancelamento de seus eventos para preservar seus componentes. A Unidos de Vila Maria, que no próximo dia 29 faria um ensaio especial em sua quadra, usou as redes sociais para informar que o evento não será realizado. “Devido às últimas informações que dão a entender o aumento de casos da COVID-19 em todo o estado de São Paulo, a Unidos de Vila Maria preocupada com a sua comunidade e todos seus parceiros, se viu no dever de atuar nesse “controle”, suspendendo momentaneamente suas atividades que venha reunir pessoas, “evitando” o máximo possível a propagação do vírus”, diz trecho do comunicado.

A Rosas de Ouro, que na última segunda, 16, havia iniciado os ensaios de sua bateria, também informou o adiamento das atividades até segunda ordem. “Se cuidem e cuidem de suas famílias para que em breve a gente possa se encontrar”, disse o texto publicado na fan page da bateria com Identidade.

Neste último sábado (21), país registrou 181 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 169.197 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 484. A variação foi de uma alta de 43% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nas mortes por Covid.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 6.070.419 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 18.276 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 29.976 novos diagnósticos por dia, uma variação de +71% em relação aos casos registrados em duas semanas.

Botequim da SASP