Home > #EspecialMestre > Especial Mestres: “Sustentar o canto na avenida é a nossa principal tarefa”, afirma Maradona.

Especial Mestres: “Sustentar o canto na avenida é a nossa principal tarefa”, afirma Maradona.

Spread the love

Para a satisfação da torcida alviverde, o #EspecialMestres trouxe o principal comandante da bateria da Mancha Verde, o Mestre Maradona.

Vinicius Martins é nascido e criado dentro da quadra da entidade. Entrou para a escola de samba através da torcida, no ano de 2005. O interesse de fazer parte da bateria começou na arquibancada, através disso procurou a escolinha da Mancha Verde, se tornou ritmista e em 2016, assumiu o cargo de mestre da Puro Balanço.

Durante a exclusiva entrevista com a equipe de reportagem da SASP, Vinicius revelou a origem de seu apelido:
“Quem me deu o apelido foi o Caju. Todo mundo dizia que eu parecia com o Maradona, pelo peso e corte de cabelo. Como eu odiava, acabou pegando”(risos).

A Bateria traz o andamento de 148 para este carnaval. Os instrumentos são mais afinados no médio-grave. Batida de caixa é padrão e as terceiras padronizadas, tocadas no contratempo do samba enredo. A criação de bossa é feita por toda a diretoria.

Sobre o nome “Puro Balanço”, Maradona explica: “Quem deu o apelido foi o Moleza, quando ainda era diretor de tamborim. Antes era Tamborim Puro Balanço, quando ele virou mestre adotou o nome pra bateria inteira.

Terceiras escola a desfilar na noite de sexta-feira, dia 9 de Fevereiro, a escola de samba Mancha Verde traz o enredo: “A amizade. A Mancha agradece do Fundo Do Nosso Quintal”, desenvolvido pelo carnavalesco Magoo.

“Sustentar o canto da escola na avenida é a nossa principal tarefa na avenida no ano de 2018”, conclui Mestre Maradona.

Botequim da SASP