Home > Carnavais > Carnaval 2022 > Médico diz que carnaval 2022 corre risco de não acontecer

Médico diz que carnaval 2022 corre risco de não acontecer

Spread the love

Ao longo da pandemia, as autoridades sanitárias de todos os Estados brasileiras, cancelaram grandes festividades que acontecem durante o ano, entre elas o carnaval. Em alguns locais, como em São Paulo, até foi cogitada a possibilidade de transferir a folia pra julho, mas a demora do governo em imunizar a população e frear o contagio do vírus, fez com que o carnaval fosse cancelado de vez em 2021.

Mesmo faltando um ano para a folia de momo de 2022, o médico, cientista e coordenador do Comitê Científico do Consórcio Nordeste, Miguel Nicolelis, acendeu um alerta sobre a urgência de tomar medidas para frear o crescimento da pandemia. Em entrevistas para um jornal da TV Bahia, o profissional diz que a pandemia deve perdurar por todo esse ano e assim, dificultará a realização do próximo carnaval. Ele alerta para que a população se cuide, como outra medida de frear a pandemia.

“Se nada for feito, se continuarmos com esses índices crescendo, com essas curvas crescendo assustadoramente, se as pessoas acharam que não ter carnaval em 2021 foi grave, a possibilidade da gente não ter carnaval em 2022 começa a ser real. Porque essa situação parece que pode perdurar ao longo de todo o ano de 2021. É importante que a gente deixe isso claro: se nada for feito, não haverá solução com medidas paliativas que são conhecidas como sendo ineficazes em todo o mundo, como o toque de recolher”.

No estado de São Paulo, quase 2 milhões de pessoas já foram contaminados pela covid-19 e aproximadamente 58 mil pessoas morreram, segundo dados do consórcio de imprensa que está monitorando os números. Já o número de pessoas que receberam a primeira dose da vacina, ultrapassa a marca de 1,9 milhão.

Botequim da SASP