Home > Carnavais > Carnaval 2022 > Prefeito de São Paulo encontra dirigentes do carnaval na Fábrica do Samba

Prefeito de São Paulo encontra dirigentes do carnaval na Fábrica do Samba

Spread the love

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, esteve na Fábrica do Samba, na Barra Funda, para uma visita técnica nas obras do bloco C, o último do espaço que abriga os barracões das escolas de samba do grupo Especial de São Paulo. As construções foram retomadas no dia 13 de setembro e a entrega dos últimos galpões está prevista para o dia 21 de fevereiro de 2022. Ricardo Nunes foi recebido no local por presidentes e representantes das agremiações paulistanas, na manhã desta sexta-feira (1), acompanhado por Milton Leite, presidente da Câmara dos Vereadores de São Paulo, e Aline Torres, secretária Municipal de Cultura.

As obras da Fábrica do Samba 1, na Barra Funda, começaram em 2012, com inauguração prevista para janeiro de 2015. O projeto conta com três blocos, que abrigam 14 galpões, designados para a confecção das alegorias e fantasias. Em 2016, foram entregues os blocos A e B, totalizando sete galpões, que hoje são utilizados pelas escolas de samba Águia de Ouro, Gaviões da Fiel, Dragões da Real, Unidos de Vila Maria, Tom Maior, Acadêmicos do Tatuapé e Mancha Verde.

As obras do Bloco C, o maior do projeto, estavam paradas por questões de ordem administrativa. O trabalho foi retomado no dia 13 de setembro e a entrega dos sete galpões restantes, que serão destinados ao uso das outras sete agremiações do grupo Especial, está prevista para 21 de fevereiro de 2022, poucos dias antes dos Desfiles das Escolas de Samba de São Paulo.

A estrutura tem se mostrado fundamental para a montagem dos elementos visuais do desfile, especialmente as alegorias, com segurança e qualidade. A conclusão das obras do último bloco, portanto, garante a evolução do espetáculo, como explica Sidnei Carriuolo, presidente da Liga-SP e da Águia de Ouro: “Vai dar um equilíbrio na disputa de todas as escolas do grupo Especial, vai resolver o problema da Fábrica do Samba 2, também, porque vamos tirar as escolas do grupo Especial de lá. Vamos conseguir acomodar todo o Carnaval”.

Confira abaixo o discurso do prefeito:

Homenagem às velhas-guardas e Carnaval

Outra novidade para 2022 é a abertura do Carnaval no sambódromo do Anhembi, com um desfile simbólico das velhas-guardas das agremiações paulistanas, como forma de mostrar que São Paulo cuidou dos idosos durante a pandemia e preservou vidas com a vacinação contra a covid-19. “Podem esperar que vai ser uma abertura emocionante, garanto a vocês, graças à vacina”, completou Sidnei.

De acordo com Ricardo Nunes, a realização de eventos como o Natal, Réveillon e Carnaval na cidade de São Paulo tem boas probabilidades: “Vai ser, se Deus quiser, um grande marco para a cidade de São Paulo. Deve ser o maior Carnaval que já houve nesta cidade, evidentemente, com o avanço da vacinação e se não houver nenhuma intercorrência com relação à questão da covid-19”. Os preparativos para os Desfiles das Escolas de Samba de São Paulo foram liberados em setembro, depois da análise técnica de um grupo constituído especialmente para estudar possibilidades no cenário pandêmico, em julho deste ano, com a participação e anuência da Vigilância Sanitária, ressaltou o prefeito. “Nossa principal missão é proteger as vidas, ter respeito à questão sanitária, mas, do jeito que as coisas estão caminhando, estamos nos preparando [para a realização do Carnaval no sambódromo do Anhembi]”, disse durante a coletiva de imprensa nas obras da Fábrica do Samba.

Em 2022, os Desfiles das Escolas de Samba de São Paulo acontecerão nos dias 25, 26, 27 e 28 de fevereiro, e no dia 5 de março, com o Desfile das Campeãs.

Fonte – Liga Independente das Escola de Samba de São Paulo

Botequim da SASP