Home > Escolas de Samba > Camisa Verde e Branco > Mais agremiações oferecem suas quadras para vacinação

Mais agremiações oferecem suas quadras para vacinação

Spread the love

Menos de 1 semana após a liberação de duas vacinas para o combate a COVID-19, diversas agremiações do carnaval paulistano cumprem também o papel social, e ofereceram publicamente através de suas redes sociais a disponibilidade de de suas quadras durante campanha de vacinação.

Algumas escolas de samba também entraram em contato com os órgãos do Governo Estadual e Prefeitura Municipal de São Paulo para  colocarem suas quadras à disposição para servirem como espaços onde possa ser feita a imunização da população

Agremiações como Gaviões da Fiel, Vai-Vai, Camisa Verde e Branco, Unidos do Peruche e Independente Tricolor fazem parte desta lista.

A diretoria do Camisa Verde e Branco usou sua rede social para oferecer a quadra da escola. “A pandemia da Covid-19 foi o principal problema enfrentado pelo país e o mundo em 2020. O vírus, que atingiu a todos, caiu de maneira mais violenta sobre as pessoas pobres e negras, por conta das desigualdades do país. Abrimos as portas e oferece o espaço para as secretarias estadual e municipal de saúde para a aplicação da vacina contra a Covid-19”. cita a nota.

“Tendo em vista o início da vacinação contra a COVID-19 em São Paulo a partir do dia 25 de Janeiro, a Diretoria da Escola de Samba Vai-Vai vem a público oferecer ao Governo de São Paulo e a Prefeitura de São Paulo nossa quadra e o nosso palco externo, localizados na região central da cidade, Rua São Vicente 276, Bixiga, para serem aproveitados como pontos de imunização durante campanha. Esta luta é de todos nós!”, diz a nota da Vai-Vai.

A Gaviões da Fiel foi a primeira publicamente se manifestar. “Os Gaviões da Fiel vem a público oferecer a nossa sede, localizada na rua Cristina Tomás, 183, no bairro Bom Retiro, para ser um local de imunização. Ademais, a sede estará à disposição para qualquer atividade relacionada ao combate da pandemia. Assim, caso o governo de São Paulo julgue necessário a utilização do nosso espaço para o bem da população, ficaremos felizes em colaborar”.

Botequim da SASP