Home > São Paulo > UESP > Acesso 1 Bairros > Prefeitura concede terrenos para agremiações carnavalescas

Prefeitura concede terrenos para agremiações carnavalescas

Spread the love

Durante a live do sorteio da ordem de desfiles do Carnaval 2021 da LIGA-SP, por diversos momentos foram citadas algumas conquistas para escolas de samba em São Paulo. Entre elas, estão as cessões de terrenos para diversas agremiações. A presidente Luciana, da Tom Maior, citou a importância do vereador Milton Leite que, confirmou as conquistas recentes para o carnaval paulistano.

Basicamente, o que foi citada é a Lei 17.245 de 2019, que já cedia por 40 anos terrenos para algumas agremiações. Desta vez, foi alterada a lei incluindo novos terrenos para demais agremiações. A informação pode ser verificada na página do Diário Oficial da Cidade de São Paulo.

Pela revisão da Lei, algumas agremiações ganharam espaços que estavam vazios para ocuparem por 40 anos, podendo renovar futuramente. Vale citar que as agremiações presentes na revisão, pelo artigo 15, são filiadas a LIGA e também UESP. Diversos espaços já estavam autorizados também por leis anteriores, e ganharam a renovação por mais 40 anos nesta atualização.

“Nunca tivemos uma gestão tão participativa e que goste tanto de carnaval e esteja conosco como essa.”, comentou o presidente atual da LIGA-SP, Sidney Carrioulo. Sidney agradeceu ao prefeito Bruno Covas, vereador Milton Leite e secretariados.

Veja abaixo a lista de agremiações que foram contempladas, com aquisição de terreno ou renovação da cessão. A Lei pode ser consulta pelo Diário Oficial aqui.

XII- Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Águia de Ouro, localizada na Avenida Presidente Castelo Branco, no 7683, no município de São Paulo;
XIII- Sociedade Recreativa Cultural Social Esportiva Beneficente Faculdade do Samba Barroca Zona Sul, localizada na Avenida Eng. Armando de Arruda Pereira, n o 3284 – Bairro Jabaquara, no município de São Paulo;
XIV – Sociedade Rosas de Ouro, localizada Rua Euclides Machado, no 1066, no município de São Paulo;
XV- Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi, localizada na Rua Dr. Soares de Gouveia, n o 106 – Bairro Santana, no município de São Paulo;
XVI- Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos do Tatuapé, localizada na Rua Melo Peixoto, n o 1513, no município de São Paulo;
XVII- Grêmio Recreativo Escola de Samba Tom Maior, localizada na Avenida Antártica, n o 213 e esquina com a Avenida Marques de São Vicente, no município de São Paulo;
XVIII – Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Unida da Moóca, localizada na Rua Bresser, n o 2271, no município de São Paulo;
XIX – Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Unida da Moóca, localizada na Rua Messias de Pina, no 77, no município de São Paulo;
XX – Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Unidos do Peruche, localizada na Rua Samaritá, no 1040 – Bairro Jd. das Laranjeiras, no município de São Paulo;
XXI – Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Unidos do Peruche, localizada na Rua Coronel Euclides Machado – Bairro Jd. das Graças, no município de São Paulo;
XXII – Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Independente Tricolor a ser estabelecida na área triangular localizada na Avenida Cruzeiro do Sul, esquina com Rua Porto Seguro, no Bairro da Ponte Pequena;
XXIII – Grêmio Cultural e Esportivo Grone’s localizado na Rua Coronel Esdras de Oliveira, n o 1066 – Bairro Jardim Tremembé, Setor 198, Quadra 101;
XXIV – Grêmio Recreativo Cultural e Social Escola de Samba Combinados do Sapopemba, localizada na Av. Sapopemba, n o 8.350 – Bairro Vila Tolstói, no município de São Paulo;
XXV – Associação Cultural e Social Mocidade Camisa Verde e Branco, localizada na Rua James Holland, n o 663 – Bairro Barra Funda, no município de São Paulo;
XXVI – Grêmio Recreativo Esportivo Cultural Social e Escola de Samba Torcida Jovem Santista, localizada na Rua Dr. Luiz Carlos, n o 03 – Bairro Jardim Aricanduva, no município de São Paulo, codlog 12.191-6, com área total de 4.564 m 2 (quatro mil quinhentos e sessenta e quatro metros quadrados);
XXVII – Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Terceiro Milênio, localizada na Rua Peixe Vivo – Lote 16, tendoa área frontal o comprimento de 18m 60 cm (dezoito metros e sessenta centímetros) e a área que faz a divisa com a Viela o comprimento total de 18m 32cm (dezoito metros e trinta e dois centímetros);
XXVIII – Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Terceiro Milênio, localizada na Avenida Atlântica, no 2898 – Lote 2, entre os Lotes 18 e 19, tendo a área frontal o comprimento de 18m (dezoito metros) e a área traseira o comprimento total de 18m 32cm (dezoito metros e trinta e dois centímetros;
XXIX – Grêmio Recreativo Cultural Social da Escola de Samba Morro da Casa Verde, localizada na Rua Sampaio Correa no 333, no bairro Jardim Pereira Leite, município de São Paulo;
XXX – Grêmio Recreativo e Cultural Escola de Samba Leandro de Itaquera, localizada na Rua Ademir Roldan Pereira com a Rua Gilberto Gomes da Motta, quadra 376 do setor fiscal 114.
XXXI – Grêmio Recreativo e Cultural Escola de Samba Imperatriz da Pauliceia, localizada na rua Cecília, em frente ao nº 294, setor 058, quadra 030, Vila Esperança.” (NR)

Data do Carnaval

Ainda durante o sorteio, Milton Leite comunicou que está para finalizar o projeto de lei que muda as datas dos feriados do Carnaval do próximo ano. Com isso, a proposta de se fazer o desfile em Julho, seria oficialmente uma agenda da Cidade de São Paulo. A proposta será votada na Assembleia para levar em seguida ao Prefeito Bruno Covas.

Vale lembrar, que a LIGA já informou que os desfiles só ocorrerão com atendimento da agenda da vacina e todos protocolos da prefeitura e órgãos competentes.

Verba do Carnaval

Outro ponto citado durante a live do sorteio, foi quanto ao repasse de verbas para o Carnaval. “Veio a pandemia, e nos reunimos com prefeitura e LIGA-SP. Nós decidimos pelos repasses normalmente para as escolas trabalharem”, confirmou um dos representantes diretores da SPTuris.

Botequim da SASP